Publicidade: ᅠᅠᅠᅠᅠᅠ

Por que são assim? Não sentem vergonha?

0 votos
perguntado 1 semana atrás em Sociedade e Política por Saulo De Tarso
Não consigo entender e não consigo esquecer. Toda maldita vez que pesquiso sobre o assunto (aborto) é a mesmo coisa, pessoas a favor do aborto dizendo asneiras. Exemplos: "Vai sofrer, é melhor matar", "você não tem o direito de julgar ninguém, cuida da sua vida, seu HIPÓCRITA!".

Eu só queria entender. Estou ficando louco, só a ideia disso existir me deixa incomodado, a ideia de ser discutido me deixa perturbado e a ideia de que pode ser algo aceito algum dia me deixa à beira da insanidade. Não é possível que exista gente que apoia isso de verdade. Eu nunca vou aceitar isso! Nunca! Mesmo que não faça diferença alguma, mesmo que meus sentimentos fracos, patéticos e mentirosos não sejam o bastante para pará-los, não vou esquecer e deixar de repudiar, nunca!

Não importa o que vocês achem, desgraçados, não importa! Vocês não têm poder pra decidir isso por eles! Que raiva. Que droga.

Escrevo esta mensagem com muita raiva e rancor, que entretanto, foram sentimentos que já estiveram maiores por esse mesmo motivo (aborto).

Não quero me fazer de vítima, porque sei que não é o que eu sou. Vítimas são elas, crianças que têm pagar pela maldade e sujeira dos outros. Mas agora vejo tudo de maneira diferente, as coisas, as pessoas, mas continuo infantil e pobre de espírito.

Informação adicionais sobre esta mensagem: é baseada em um texto elaborado também por mim para o já  desativado Fórum UOL Jogos, área Vale Tudo, e também foi postada no site Space Amigos.

Por favor, me desculpem por isso como justificativa para espalhar mais ódio em um mundo já cheio disso. Não consegui me segurar. Boa noite.

Informação adicionais sobre esta mensagem: é baseada em um texto elaborado também por mim para o já  desativado Fórum UOL Jogos, área Vale Tudo, e também foi postada no site Yahoo! Respostas. Boa noite.

6 Respostas

0 votos
respondido 1 semana atrás por A Gata Vira-Lata
A julgar pelo seu nick, suponho que seja cristão. E, como tal, suponho que acredite na imortalidade da alma e na indissociabilidade entre embrião (ou feto, ou vida humana intra-uterina, ou chame como quiser) e alma — uma vez concebida a vida, uma nova alma é criada junto com ela...

Ocorre, porém, que o Deus abraâmico, em Sua infinita sabedoria e com Seus insondáveis propósitos, criou a natureza de tal forma que às vezes existem abortos espontâneos, cuja ocorrência independe totalmente da vontade ou do zelo dos pais... Há ocasiões em que a mãe e o pai desejaram muito a criança, fizeram-na com todo amor, cuidaram para que tudo saísse bem... E, no entanto, por motivos nem sempre compreensíveis, acontece um aborto espontâneo.

Para onde vão as almas das crianças que não nascem por causa de um aborto espontâneo???? Suponho, com a minha modesta capacidade de intelecção (sempre sou acusada de não ter entendido direito), que essas almas aguardarão pelo Juízo Final, como todas as outras... E serão ressuscitadas e transformadas, como diz Saulo de Tarso em 1 Corintios 15:51-52, e desfrutarão da vida eterna:

51 Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados;
52 Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.

... E para onde vão as almas das crianças que não nascem por causa de um aborto induzido???? Suponho que estarão sujeitas à mesma transformação... E que também desfrutarão da vida eterna...

Sendo assim, permita-me concluir...
Quando ocorre um aborto induzido, os responsáveis pelo ato estão garantindo vida eterna à criança (do ponto de vista cristão)... A criança jamais pecará!!!! Eis o motivo pelo qual não compreendo porque os cristãos são tão veementemente contrários ao aborto induzido com o argumento de que são "pró-vida"... Ora, um aborto é garantia de vida eterna para a criança...

... E quanto aos pais que provocaram o aborto... Poderão se arrepender verdadeiramente quando conhecerem A Palavra e então ser também salvos, conforme o próprio Saulo de Tarso escreveu em 2 Corintios 7:9, "a tristeza segundo Deus opera arrependimento para a salvação".

Ou não?????????????
0 votos
respondido 1 semana atrás por AnnE
Sentir raiva por algo que não está no seu poder não me parece nada produtivo....
+1 voto
respondido 1 semana atrás por Nα†αN
0 votos
respondido 1 semana atrás por ­ Luna confusa
Interessante essa sua enlouquecia com o assunto,também sou assim com as coisas que eu acredito,mas sabe que aprendi a duras penas como costumo dizer, a aceitar os pensamentos dos outros nem que isso me custe muitas vezes uma tremenda gastrite...mas aceitar não significa compactuar e jamais mudar nossas ideias...há quem diga a frase que não devemos nunca dizer nunca, mas tem coisas na vida da gente que é mesmo irredutível e vamos optar pelo nunca  até a nossa morte...

sem mais palavras deixo um texto de um livro antigo que me foi apresentado ainda criança e que me emocionou demais e se tornou inesquecível pra mim....

 Pequena Epopeia de um Passageiro Terreno


"Dia trinta e um de janeiro:
lá fora, um imenso povo,
aqui dentro, um passageiro
disfarçado em célula ovo.

Quinze de fevereiro, já sou embrião
Já pressinto alegria da mãe sofredora,
Que ignora que vivo e, então
Sou um incógnito numa câmara incubadora

Dia vinte e cinco, nada vai mal
O tubo cardíaco começou a bater
E o cérebro e a medula espinhal
Já estão comigo a nascer

Dois de Março, me surpreendo:
meço três milímetros, não é?
Mamãe se enjoa e muito sofrendo
não pode tomar um tal de café

Já se delineiam o meu formato
minhas perninhas, meus bracinhos
meu desenvolvimento já é um fato
e eu percebo que terei carinho.

Primeiro de Abril, parece mentira
já sei o **** que me deu o destino
Felizmente dentro de mim não há ira
Porque eu juro, sempre quis ser menino!

Oito de abril, progrido demais,
A natureza tantas surpresas me lança
Estou feliz, nem mais embrião sou mais
Sou feto...sou fato, sou quase criança.

Dez de abril, estou me sentindo gente
Estou aqui torcendo pelo tempo
Torcendo para que de repente
Esta caverna me deixe livre como o vento.

Alegra-me que a ciência, não tenha
Em um frasco me colocado
Pois o papel que o ventre desempenha
É importante para que eu seja amado

Dez de abril, mamãe me sente como sua dor
Sou parte dela e por ela irei ao mundo
sou resultado de um grande amor
De quem deu o que lhe havia de mais profundo

Em seu organismo, vivo e me alimento
somos dois seres, incrustados num só
E ainda muito confuso aqui dentro
eu temo por seu sofrer e sinto dó

Quinze de abril, mamãe
saiu. Perguntaram-lhe,
não houve resposta
Hoje...
Hoje mamãe me assassinou"!
0 votos
respondido 1 semana atrás por ƒℜคנ๏ʆค
Não apoio o aborto pois já é uma vida. Seria assassinato.
Image and video hosting by TinyPic
...