Publicidade: ᅠᅠᅠᅠᅠᅠ

Como seria o Brasil se os impostos fossem cobrados anualmente?

0 votos
perguntado 2 meses atrás em Sociedade e Política por Jhonatan Silva
Como seria o Brasil se os impostos fosse cobrados anualmente (15% do faturamento anual do empregador ou da empresa) invés de mensalmente?
Atualmente o cidadão trabalha apenas para pagar impostos, nessa forma de pagamento dos impostos, as taxas importação e exportação de alimentos e produtos, contas de luz e água, iptu e ipva deixariam de existir, e dessa forma sobrando mais dinheiro para cidadãos para compra produtos, alimentos, tecnológicos etc... com isso, as empresas deverão produzir mais para suprir a demanda na sociedade, e assim aumentado o faturamento e números de empresas (e tb de multinacionais vindo do exterior), diminuindo assim o desemprego, pois tendo muitas empresas precisará de muitos empregados. Nessa forma de pagamento de impostos anual a economia aumentaria bastante, por exemplo, vão se por, que a média salarial no brasil seja R$ 2,500 , anualmente como já havia dito lá em cima (daria R$ 30,000) 15% seria do governo, no Brasil a força de trabalho é de 120 milhões (seria maior se não houvesse tanto desemprego), esses milhões pagando os impostos ( R$ 4,500 anualmente) daria cerca de R$ 540 bilhões só dos impostos do trabalhadores, porém existe tb os impostos das empresas, vão se por, quê a média das empresas (micro, pequeno, médio, grandes e multinacionais) no brasil anualmente seja R$ 2,000,000 (15% será R$ 300,000) existe cerca de 25 milhões de empresas no brasil, essas empresas pagando 15% do faturamento daria R$ 7,5 trilhões, impostos das empresas + empregados daria R$ 8,04 trilhões de economia para o Brasil (para gastar na Educação, Saúde, Segurança pública e assistência sociais).

2 Respostas

0 votos
respondido 2 meses atrás por Paul Emic
Inviável.
Uma coisa é a pessoa separar (e recolher) mensalmente uma parte do seu rendimento como imposto e outra muito mais atrapalhadora seria recolher  um percentual sobre todo o faturamento (ou renda) do ano todo.

Observe que o brasileiro não tem bom controle de finanças e não consegue se organizar para poupar. Nesse caso gastaria tudo e no final do ano estaria "com a corda no pescoço" como sempre ocorre.

Além disso a União tem gastos mensais com seus funcionários públicos e aposentadorias. Como faria para pagá-los até que recebesse os impostos?   

Compare o Estado, com um condomínio e veja se sua proposição daria certo.

O que deveria haver é menos renúncia fiscal e isenções "convenientes"

0 votos
respondido 2 meses atrás por †hє 17
Seria bem pior já que muitos estados daqui são maiores que países afora.
Image and video hosting by TinyPic
...