Publicidade: ᅠᅠᅠᅠᅠᅠ

Se a ciência se baseia em princípios que não podem ser provados, por que ela dá tão certo?

+3 votos
perguntado 2 meses atrás em Filosofia por Guilhermito
O nosso conhecimento pode ser separado em dois grandes grupos: a priori e a posteriori.

●A priori: é mais intuitivo, não é experimental. Um exemplo são os números, você sabe que 2 maçãs com 2 maçãs são 4 maçãs quase que independente da experimentação.

●A posteriori: é gerado por experimentação/observação. Exemplo: os corpos caem com a mesma aceleração gravitacional.

Agora...nada impede que um certo dia 2 maçãs com 2 maçãs sejam 3 maçãs. É um raciocínio estranho, mas a estranheza disso vem porque são conhecimentos já impregnados na nossa mente, tomados desde a pré-escola como absolutos. E se a nossa mente está sempre sendo enganada por algo e que esse algo faz você ver uma maçã a mais (4) do que realmente existem (3)?
Um problema bem conhecido é sobre a validade dos axiomas de Peano. Exemplo de um axioma:

x=x

Hilbert afirmou num dos seus problemas isso:

"Eu desejo formular a seguinte questão, como sendo a mais importante entre todas as numerosas questões que podem ser feitas a respeito dos axiomas: a de provar que eles não são contraditórios, ou seja, que um número finito de passos que se baseiem nesses axiomas não nos leve a um resultado contraditório"

Basicamente ele queria saber se os axiomas poderiam ser provados.

Depois veio o teorema da incompletude de Godel:  "Sempre há em uma teoria consistente proposições verdadeiras que não podem ser demonstradas nem negadas."

Ou seja, a relação "x=x", uma das mais básicas de todas, não pode ser provada nem negada. Se x=2+2 e x=4..."x=x》2+2=4" não pode ser provada nem negada.
É mera intuição.
Digamos que você visualize 3 maçãs na sua geladeira e conte elas uma a uma mentalmente. O número de maçãs contadas será igual ao que você pegou:
1+1+1=3

Mas se 1+1+1=3 não pode ser provado, então não podemos provar que o número de maçãs contadas é igual ao que você pegou.

-----

E quanto à afirmação de que corpos caem com a mesma aceleração? O que torna essa afirmação quase uma verdade é que todos os experimentos até agora disseram que caem. Mas nada impede que amanhã um corpo caia com aceleração gravitacional diferente do outro.
Incluo nessa parte as ciências humanas. Elas dependem de objetos físicos como documentos, pinturas, esculturas... se a existência de objetos físicos não pode ser provada, as humanas também não.

Voltando à pergunta inicial: por que a ciência funciona tão bem se ela se baseia em incertezas?

2 Respostas

+1 voto
respondido 1 mês atrás por Flávio Dias
 
Melhor resposta
A ciência ganhou a confiança do humano justamente por poder responder suas indagações com experimentos que comprovam suas teses. Se é um engano ou uma verdade absoluta não sabemos, mas ainda assim é mais fácil para o ser humano acreditar em algo que pode ser "provado" do que em algo que é uma teoria sem testes, sem evidências de que possa ser verdade.
+1 voto
respondido 2 meses atrás por ♚Olhos de Cigana♚
Desculpa, Gui, mas pensar na hora do almoço não é pra mim. O tico e o teco estão de folga hoje. Bom domingo! Bjos
Image and video hosting by TinyPic
...