Publicidade: ᅠᅠᅠᅠᅠᅠ

Por que a moralidade é mais acentuada no meio protestante do que no catolicismo ?

+1 voto
perguntado 6 meses atrás em Gospel por Wanderlust

5 Respostas

0 votos
respondido 6 meses atrás por Gez Apollo
Um colega meu da escola quando eu ainda estudava na escola, é de religiao protestante e disse que ja manteve relações sexuais com mais de 10 garotas da mocidade da igreja dele inclusive a filha do pastor, uma deles ele fez **** dentro da igreja, não é o unico protestante que conheço como esse enfim tambem não acho ele imoral não gosto de jugar mas do que estavamos falando mesmo?
0 votos
respondido 6 meses atrás por Fernando Palencia
Isso tudo é algo bem relativo.
E devemos entender o que é moralidade, pois a moralidade foi adotada pela classe dominante para impedir as pessoas de criarem suas convicções e assim formar bons pensadores.
Isso tem que ser muito bem analisado, por exemplo, a repressão nunca foi S E X U A L, mas no pensamento.
O medo dos conservadores é que se forme bons pensadores.
Ai o que se procede é que o moralismo em excesso impede as pessoas de contestarem as coisas.
Isso tem que ser bem analisado.
O que se tem no protestantismo de linha pentecostal não é exatamente uma moralidade, mas sim uma repressão.
As pessoas são presas mentalmente, o que sempre fez parte do jogo conservador.
A igreja católica hoje está se abrindo e indo para ser carismática, o que tende a acontecer é que se torne toda carismática.
Assim incentiva mais a espiritualidade e faz as pessoas sentirem a fé, e dentro da carismática se procura fazer as pessoas sentirem o Jesus verdadeiro.
O que tem no protestantismo pentecostal é um jogo político, prende as pessoas mentalmente para elas não contestarem nada, ai deixam elas com medo do inferno.
É assim que vivem a maior parte dos protestantes de linha pentecostal, com medo do inferno.
Assim se forma grandes zumbis que nunca vão contestar nada, ótimo para um domínio político.
Ai o que você disse aparenta ser moralidade, mas é uma escravidão mental.
Deu pra se entender bem né.
A maior moralidade é se ter amor no coração e desejar sempre o bem para as pessoas.
+2 votos
respondido 6 meses atrás por Amy Wong
As grandes religiões sempre se dividem (sempre!) apesar de seu discurso de unidade. Em geral pode haver certo equilíbrio numérico global entre os grupos na mesma religião, mas com variações locais: em alguns lugares um grupo é majoritário em relação ao outro.

Aí está aquela que é, na minha modesta opinião (e com todo o respeito às modestas opiniões em sentido contrário) a resposta à sua pergunta: O GRUPO MINORITÁRIO sempre é associado às questões morais na comparação com o grupo majoritário.

E por quê??? Uai, porque é mais fácil impor questões  morais à minoria do que à maioria: o controle é mais próximo e mais eficiente com um número menor de adeptos. Simples assim.

No Brasil, em que os católicos são majoritários em relação aos protestantes (pelo menos por enquanto), os ditos evangélicos são tidos como mais "moralistas"... Mas nos EUA, onde os protestantes são maioria, os católicos é que são tidos como mais afeitos às regras morais.

Esta não é uma característica apenas do cristianismo... O mesmo fenômeno ocorre entre muçulmanos: onde os sunitas são maioria, os xiitas são considerados "radicais"; onde os xiitas são maioria, os sunitas é que são "radicais"...

No hinduísmo indiano há essa mesma oposição entre praticantes do xivaísmo e os adeptos do vishnuísmo, dependendo da região em que cada um é majoritario... E no budismo há esse nesmo tipo de percepção entre a escola mahayana (majoritária no Nepal, no Camboja e no Tibete) e a escola teravada (majoritária no superpopuloso Myanmar).
0 votos
respondido 6 meses atrás por Vanious
Talvez pq o protestante quer se parecer com Jesus..   Se baseando na Bíblia pela sua santidade.
0 votos
respondido 6 meses atrás por Seth
Esta afirmação não procede. E embora eu não seja um católico, sou mais inclinado a acreditar justamente no oposto.
Image and video hosting by TinyPic
...