Publicidade: ᅠᅠᅠᅠᅠᅠ

Se a Venezuela fizesse o ato de suicidio entrar na Guiana, quais consequencia depois da guerra viriam?

+3 votos
perguntado 3 meses atrás em Sociedade e Política por colorado2006
supondo que eles entrassem e perdessem a guerra para inglaterra, eua, e quem sabe até Brasil pois vi declarações da parte dos Brasileiros que o Brasil nao toleraria uma invasão na guiana

4 Respostas

+1 voto
respondido 3 meses atrás por Allan!
O século XX foi o primeiro século da humanidade em que fazer a guerra de conquista é proibida! Um Estado não pode resolver seus litígios de maneira armada, o único tipo de guerra permitida é a guerra de defesa, ou se antecipar a um ataque iminente vindo de um país estrangeiro. Essa proibição foi expressa na Carta das Nações Unidas no artigo 1.

“Artigo 1. Os propósitos das Nações unidas são:


3. Todos os Membros deverão resolver suas controvérsias internacionais por meios pacíficos, de modo que não sejam ameaçadas a paz, a segurança e a justiça internacionais

4. Todos os Membros deverão evitar em suas relações internacionais a ameaça ou o uso da força contra a integridade territorial ou a dependência política de qualquer Estado, ou qualquer outra ação incompatível com os Propósitos das Nações Unidas.“

  Em caso de quebra desses acordos, o próprio Estado legítima uma ação militar contra ele! Na minha opinião se a Venezuela invadisse a Guiana, ela seria expulsa imediatamente pelo Ocidente do território do país, e uma derrota militar poderia ter efeitos semelhantes a da derrota dos militares argentinos na Guerra das Malvinas. O desgaste poderia fazer o regime cair de uma vez por todas!
0 votos
respondido 3 meses atrás por Revortado
Brasil contra a Invasão .... ?

Magina .....
Muito pelo  Contrário .....

O Brasil ia aproveitar a Oportunidade e rever a Fronteira com a Guiana .....
Até Hoje o Exército não engoliu a Questão do Pirara .....

https://pt.wikipedia.org/wiki/Quest%C3%A3o_do_Pirara



Tendeu ?
+1 voto
respondido 3 meses atrás por Amy Wong
A Venezuela certamente invadirá o Território Essequibo, é questão de tempo. Ditaduras tragicômicas e paspalhonas sempre fazem isso quando seu discurso se esgota e suas burrices geram inconformismo no povo: ingressam em uma aventura militar para tentar "unir o país" em torno de um ideal nacionalista.

Foi assim que a Argentina resolveu invadir as Malvinas: foi o ato final de um regime ilegítimo em busca de sobrevida.

Naquela época o Brasil apoiou discretamente a Argentina, devido à camaradagem que existia entre as respectivas ditaduras militares... Mas o Chile, que possuía  (e ainda possui) tretas territoriais com a Argentina na Patagônia, ajudou militarmente os britânicos  (emprestando seus portos, aeroportoa militares e liberando espaço aéreo). Ao final do ccnflito o governo militar caiu e a Argentina enfrentou um doloroso recomeço.

Penso que acontecerá o mesmo agora... Alguns países apoiarão a Venuzuela (Bolívia, Equador, Cuba, talvez mais um ou outro) e outros serão contra a Venezuela (Brasil, Colômbia, México)... Se Lula ou outro petista for o próximo presidente (toc, toc, toc), hipótese cada vez menos provável, talvez o Brasil apoie Maduro.

Seja como for, é certo que a Venezuela perderá a Guerra, o governo bolivariano será escorraçado e os venezuelanos passarão os próximos 20 anos tentando recuperar o país.
0 votos
respondido 3 meses atrás por Porto Panorama (#H)
só passando para ler as respostas,boa tarde
Image and video hosting by TinyPic
...